1 de out de 2009

Prática de esportes contribui com vida mais saudável

por Leandro Tetzner Moller

A prática de esportes pode ser um forte aliado no combate aos problemas de saúde e também para manter uma vida mais saudável. É o que afirma o cardiologista Mauro Pacheco Filho. Ele diz que pessoas sedentárias correm quase o dobro de risco comparado com quem pratica algum tipo de esporte pelo menos duas vezes por semana.

A atividade física faz com que o coração bata mais rápido para bombear mais sangue, para que se aumente o fluxo de sangue arterial, o que faz com que as células e os músculos do corpo sejam oxigenados mais rapidamente, ajudando as veias a estarem sempre em atividade” diz o médico. Futuramente, evita-se que venham a sofrer algum tipo de entupimento, que é uma das causas de doenças do coração”.

Manoel Messias, formado em Educação Física e treinador de tênis há quinze anos no Nosso Clube, em Limeira, diz que muitas pessoas procuram o esporte para perderem peso, emagrecerem e entrarem em forma. Em sua sala, ele exibe um quadro que diz: ‘Não jogue tênis para entrar em forma; entre em forma para jogar tênis’.

O treinador alega ainda que alguns de seus alunos, quando começaram a jogar, estavam acima do peso e sem fôlego algum, o que ocasionava várias paralisações durante as aulas para respirarem ou ingerirem líquidos. “Essa atitude pode não parecer, mas faz mal ao organismo”, diz ele.

Messias explica que, à medida que os pulmões absorvem mais oxigênio e que o fluxo sanguíneo dos músculos aumenta, os músculos obtêm mais oxigenação. Essa falta de ar se dá porque o coração bombeia mais rápido para suprir todo o corpo.

De acordo com ele, durante a prática do esporte, a pessoa que não costuma fazer atividades físicas regularmente não vai conseguir controlar a respiração, resultando em um desgaste muito rápido, como a falta de ar, podendo ocorrer lesões como a fadiga muscular, por exemplo.

“Para se viver melhor ainda, o bom seria a prática de exercícios físicos paralelos a uma dieta balanceada”, ressalta Messias. “Tanto para os atletas profissionais quanto para as pessoas que praticam atividades físicas de duas a três vezes por semana, comer bem é essencial para o organismo e para a saúde do corpo”, ele alega.

A nutricionista Patrícia Milaré confirma que, atividades físicas aliadas a uma dieta rica em proteínas, fibras e frutas, e com acompanhamento de um profissional, a qualidade de vida de uma pessoa pode melhorar e muito.

Ela ressalta que, às vezes, alguns processos podem demorar mais, como queima de calorias e ganho de massa muscular, mas que cada pessoa tem um metabolismo diferenciado e saber dosar a quantidade de atividade física é essencial.

“Sair correndo quilômetros e deixar de comer um dia inteiro não adianta nada”, afirma. “Fazer atividades e dietas com moderação é a chave para uma vida saudável”, diz Patrícia.

Nenhum comentário: