3 de nov de 2009

Aluno de jornalismo do ISCA participa de intercâmbio na Disney


O aluno do 6º semestre de jornalismo do ISCA, Daniel Marcolino, foi selecionado para participar de um intercâmbio no mundo da Disney, em Orlando, durante três meses. Depois de oito meses e diversas etapas seletivas em todo o Brasil, o estudante terá a oportunidade de trabalhar e se divertir no complexo Disney com universitários de vários países, além de realizar cursos específicos na Walt Disney University.

Para o estudante, trata-se de uma chance única de crescimento pessoal e profissional. “No que se refere à minha profissão, terei muita matéria prima e inspiração, pois viver e contar histórias são dois elementos inerentes ao jornalismo. Também sempre fui interessado por outras culturas, desde pequeno mantinha pen pals (amigos de carta) em outros países, que desaparecem com a chegada da internet”, lembra Daniel.

O objetivo do programa é proporcionar uma experiência de vida inesquecível aos participantes, permitindo-os compartilhar da mágica e da filosofia institucional da empresa. Os estudantes, chamados Cast Members (Membros do Elenco), são escalados para atuarem em diferentes áreas do complexo Disney.

J
á a coordenadora do curso de jornalismo, Milena de Castro, acredita que a vivência em outros países, por conta da língua e da cultura diferentes da brasileira, acrescenta muito à formação do estudante universitário. “Não tenho dúvidas de que o Daniel voltará desse programa com seus conhecimentos gerais e em comunicação sensivelmente ampliados”.

A interação entre os universitários estrangeiros, que moram juntos nos quatro condomínios da Disney, é outra meta do intercâmbio. “As jornadas de trabalho são de, no mínimo, 30 horas semanais. Sobra tempo para estudar, se divertir e conhecer muitos lugares dos Estados Unidos”, ressalta o aluno, que embarca no dia 21 de novembro.

O Programa

Programa Internacional para Universitários (International College Program - ICP) existe há mais de 30 anos e é referência em qualidade. O ICP é direcionado a estudantes maiores de 18 anos, que estejam cursando entre o segundo e o penúltimo ano de graduação, com inglês fluente e flexibilidade para morar e trabalhar com diferentes pessoas. Motivação e alegria também são requisitos.

O processo seletivo brasileiro começa em meados de abril, organizado e executado pela agência de turistmo Studant Travel Bureau (STB). O primeiro passo é participar das palestras informativas. Em seguida, os recrutadores da STB fazem uma seleção por meio de entrevista oral, avaliando o perfil e o inglês de cada candidato.

Os aprovados, depois cumprirem as etapas de confirmação, são convidados a serem entrevistados pelos recrutadores americanos que darão o resultado final. Os custos do programa se restringem ao bilhete aéreo, gastos com o visto, viagens aos locais das seletivas e seguro de vida.

Nenhum comentário: