9 de jun de 2011

Crônica de uma visita ao Jornal A Tribuna de Piracicaba

Laura F. Thomaz


Alunos de Jornalismo com a professora Ingrid Gomes

No último dia 27 de maio os alunos do terceiro semestre de jornalismo do Isca Faculdades, acompanhados pela professora Ingrid Gomes, tiveram o prazer de visitar e conhecer a rotina de um Jornal Impresso conceituado, que está em atividade há 37 anos,  A Tribuna Piracicaba. Fundada em 1974, por Evaldo Augusto Vicente, com a ideia de fazer jornalismo comunitário, com pluralidade e baseado em conceitos de democracia. Tal ideia deu certo, hoje A Tribuna é considerada um jornal de peso na cidade e região. Além dela, Vicente fundou no mesmo ano A Tribuna de São Pedro, prevendo a expansão de Piracicaba, e mais tarde, em 1989, fundou A Tribuna de Rio das PedrasA Tribuna conta com notícias voltadas ao interesse público, jornalismo sério, sem sensacionalismo, o que torna o material produzido confiável e de alta qualidade.


 Assim que chegaram, os alunos foram recepcionados pelo editor-chefe do jornal, Erich Vicente Vallim que conduziu a visita de uma forma alegre e descontraída contando o dia a dia do jornal, bem como o papel desempenhado por cada profissional. É claro que Vallim não poderia ficar descrevendo todos, afinal, atualmente A Tribuna conta com cerca de 50 colaboradores entre diversos setores como administrativo, comercial, financeiro, redação e gráfica. Os alunos percorreram os corredores do jornal observando cada detalhe. Sempre atentos nas explicações de Vallim, alguns questionavam, outros tiravam suas dúvidas e o editor-chefe respondia a todos de uma forma simples e incrível, com bom humor e animação.
No decorrer da visita, já na oficina gráfica, os alunos ficaram impressionados com o tamanho das máquinas utilizadas para a impressão dos jornais, e se sentiram um pouco incomodados com o barulho ensurdecedor que elas faziam. Vallim conta que A Tribuna imprime, além de seus próprios títulos, cerca de outros 60 do Estado, e partes do sul de Minas. “Fiquei impressionada com a quantidade de jornal produzido. Não tinha ideia de que um jornal com estrutura física pequena era capaz de produzir tanto”, comenta Mylena Arruda, estudante de jornalismo que participou da visita. 
Vallim explica que desde 2007, acompanhando as mudanças tecnológicas, foi criado o portal de notícias A Tribuna (www.tribunatp.com.br). Mylena aprovou a criação. “Gostei muito da ideia do jornal on-line. É muito inteligente e acredito que essencial. Fora que é interessantíssimo para o público.”
A visita foi uma experiência única, válida e importante para os alunos, através dela tiveram a oportunidade de conhecer não só a redação do jornal, como também a oficina gráfica, possibilitando ver os equipamentos funcionando a “todo vapor”, e assim terem a chance de escolher o local que gostariam de trabalhar. “É muito importante para novos jornalistas, estudantes, terem o contato com diversos veículos para que dessa forma possam decidir qual é a melhor opção de trabalho a ser escolhida, afinal, temos que gostar do que fazemos,” palpita Rafaela Silva, também estudante de Jornalismo. Mylena adorou a visita. “Vimos com nossos próprios olhos, agora sabemos realmente como é. Antes eu tinha uma visão deturpada sobre um jornal. Acredito que é muito válido trabalhar neste meio e seria interessante. Experiências são sempre bem vindas.”   
Desde sua fundação A Tribuna mantêm os mesmos princípios de independência e pluralidade no jornalismo, preocupada em desempenhar um trabalho idôneo, e que proporcione momentos de prazer, diversão, trazendo conhecimento e informação de qualidade aos leitores, além de estar atenta as transformações tecnológicas e a criação de novos meios de comunicação. Rafaela acredita que A Tribuna faz a diferença na sociedade. “Um jornal pequeno, porém de opinião. Muitos jornais se preocupam em vender mais e mais exemplares, e acabam esquecendo do conteúdo, que deveria ser o mais importante, A Tribuna aparentemente é um jornal que gosta de fazer a diferença e de levar um conteúdo contextualizado de matérias para seus leitores.”


Um comentário:

Horacinho disse...

Legal o texto. Mas cadê o resto da sala na foto? |Esqueceram de mim? heheheh!
A visita foi bem produtiva! Adorei!