27 de mai de 2011

Congresso da área da Comunicação apresenta novidades, e premia trabalhos por regiões do País

Por Letícia Beneton

A InterCom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação) é um dos principais congressos da área de Comunicação, que premia trabalhos realizados por alunos de graduação em agências experimentais, trabalhos de conclusão e outros produtos desenvolvidos pelos laboratórios das faculdades, além de contar com artigos científicos da área a ser apresentados no Congresso por região e em nível nacional.
São realizados congressos anuais, simpósios, seminários, cursos e conferências, para que os universitários possam expor peças de produção sonora ou visual, de caráter científico, tecnológico, cultural ou artístico na área da Comunicação.
O congresso regional do sudeste deste ano, na cidade de São Paulo, na Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), entre os dias 12 a 14 de maio, teve como tema “Quem tem medo da pesquisa empírica?”, e foi voltado para alunos de graduação em comunicação, professores, pesquisadores e profissionais da área. Na mesa foi abordado o tema central a partir de diferentes perspectivas – teoria e metodologia, comunicação na academia, mercado profissional e experiências interdisciplinares.
Palestras, conferências e edições locais das Divisões Temáticas e da Intercom Júnior fizeram parte da programação do encontro. No congresso, foi realizada uma edição local do Expocom – prêmio para os melhores produtos laboratoriais desenvolvidos por alunos de graduação em Comunicação, matriculados nos cursos da Região Sudeste e os vencedores concorrem na edição nacional do evento, que, neste ano, acontece em Recife (PE), de 3 a 6 de setembro.
Este ano o Expocom Sudeste classificou três trabalhos de Jornalismo do Isca Faculdades, todos foram produzidos como Trabalho para Conclusão do Curso no ano de 2010. Na categoria livro-reportagem, de Virgílio Gabriel e Tamires Gonçalves, foi selecionado o trabalho: "Um novo eu: Cirurgia Plástica e as histórias que transformam vidas". Já na categoria documentário em vídeo, de Néliane Simione, Liandra Santarosa e Luís Gustavo Nolasco, o vídeo "Arteterapia: o desenvolver da expressão em pessoas com transtornos mentais". E categoria programa de rádio, foi selecionado o trabalho de Lílian Geraldini, Ivan Costa e Mariana Antonella, "Folclore de Piracicaba: uma história viva".
        Em Publicidade e Propaganda, o jingle "Tira os pés da cabeça", Fábio Gianfratti, Lorena da Rocha, Kátia Rodrigues, Fredson Dally,Cíntia Renata Ferreira da Silva,Fabio Rezende Pacagnella,Luiz Carlos de Souza Pestilho e Teles Cristiano Candido do Isca Faculdades, também foi selecionado.

Nenhum comentário: