6 de out de 2010

Abertura da SeCom tem palestra de Geraldo Luis e Afonso Mônaco da Rede Record


por Camila Piacentin

Na primeira noite da SeCom (Semana de Comunicação) do Isca Faculdades, (4/10), houve a palestra com os jornalistas da Rede Record, Geraldo Luis e Afonso Mônaco. Com o tema “Balança Isca”, os profissionais abordaram o jornalismo da atualidade, dando dicas para os futuros jornalistas e também contando sobre suas carreiras. Ao final da apresentação, eles responderam perguntas elaboradas pelo público e também sortearam cinco pessoas para conhecerem a Rede Record em São Paulo.
Estiveram presentes no evento professores, alunos de todos os semestres do curso de Jornalismo e o coordenador dos cursos, Victor Kraide Corte Real, que ressaltou a importância do evento. “Essa SeCom se tornou especial pelo fato de estar celebrando os dez anos dos cursos de Comunicação do Isca. Então, dessa vez, decidimos fazer algo diferente das outras edições, as quais eram mais focadas em workshops e palestras”.
O jornalista Afonso Mônaco trabalha na área há 38 anos e também considera que esses eventos são importantes para a formação e experiência dos alunos. “O aluno que vai se tornar um jornalista deve participar de vários eventos, quanto mais ele participar, maior conhecimento ele terá da profissão que escolheu”.
Mônaco também falou sobre o mercado de trabalho para jornalistas. “O mercado existe para os bons profissionais, portanto, é preciso dedicação e vontade, além de gostar do que faz. O jornalista tem que manter um compromisso com a verdade, porque se ele se vender, se ele não transmitir confiabilidade, não terá futuro nesse nicho de mercado que é muito concorrido”.

O evento foi transmitido diretamente via twitcam. Geraldo Luís avaliou o uso das mídias digitais no jornalismo. “A grande modernização do acesso à informação se deu pela internet, que hoje se tornou referência. Essa relação entre público e acessibilidade de informação é o que existe de mais forte no momento, portanto, é necessário que os comunicadores se insiram nas novas tendências”.

“Somente a televisão hoje não basta, porque ninguém tem mais tempo de ficar duas horas na frente da TV, assistindo a um programa ou lendo um jornal impresso, mas, com certeza, conseguimos ficar até mais que duas horas na frente do computador. A informação adquiriu uma velocidade que não permite mais que as pessoas fiquem se atendo a coisas demoradas”, diz Geraldo Luís.

Após a palestra, Geraldo Luís comentou sobre a SeCom. “A partir do momento em que você reúne um grupo de amigos, uma ideia já surge. Agora imagine se reunir com futuros jornalistas, que são cabeças pensantes que vão editar manchetes e decidir aquilo que o Brasil precisa ler. Então, estar na SeCom, para mim, é muito importante e eu notei uma coisa bacana nesta apresentação, com esses futuros jornalistas: o interesse em aprender. Mesmo quando eles estiverem em um grande jornal ou em uma grande emissora, eles sempre estarão aprendendo”, afirma o apresentador.
O encerramento aconteceu com o sorteio de cinco alunos que terão a oportunidade de conhecer a sede da Rede Record, na capital paulista.

A SeCom continua nos próximos dias, com painéis de debates com profissionais de Comunicação formados pelo Isca, na terça e quarta-feiras. Na quinta-feira haverá uma homenagem aos professores e coordenadores que marcaram a história dos cursos, além do plantio da árvore e comemoração no Bar Maverick, em Limeira.

Fotos: Denis Fernando

Um comentário:

Carlos Giannoni disse...

Parabéns pelo trabalho Camila, ficou muito bom!

Carlos Giannoni